Chuva e demanda ditam o rumo do mercado do boi gordo

Em São Paulo, a cotação do boi gordo ficou estável. O volume de negócios está baixo diante da dificuldade de aquisição de boiadas, devido sobretudo à retenção do gado pelos pecuaristas.

Os bons volumes de chuva dos últimos dias, fator de manutenção da capacidade de suporte das pastagens, permitem que os pecuaristas retenham as boiadas na fazenda, negociando enquanto o gado ganha peso.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), no acumulado dos últimos cinco dias choveu entre 50mm e 60mm em São Paulo na região de Araçatuba. Vale destacar que o excesso de barro tem dificultado o embarque de gado em algumas regiões.

Por: SCOT CONSULTORIA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *