Evento Conhecendo Sistema Famato reúne mais de 130 produtores em Água Boa

“Caititu fora do bando é comida de onça”. Foi com esta frase famosa que o presidente do Sindicato Rural de Água Boa, Antônio Fernandes de Mello, popularmente chamado de Tunico, definiu a importância do evento “Conhecendo o Sistema Famato”.

O presidente reforçou que este tipo de evento é primordial para promover a mudança de cultura e fazer o produtor entender que é preciso se unir para fortalecer os Sindicatos Rurais, o Sistema Famato e a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA). “A maioria dos produtores rurais não tem noção do trabalho realizado por estas entidades. Ao receber as informações divulgadas durante o evento, eles ficam mais animados e aos poucos vamos conscientizado de que juntos vamos mais longe”.

O presidente em exercício da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Marcos da Rosa, explica que o programa “Conhecendo o Sistema Famato foi criado para apresentar as principais ações das entidades que formam o Sistema Famato, que é composto pela Famato, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) e Sindicatos Rurais. Este evento está inserido no Programa de Desenvolvimento Sindical (PDS).

O superintendente técnico da CNA Bruno Lucchi falou sobre os desafios do setor do agro em âmbito nacional. “A CNA representa e defende os interesses do produtor rural em 213 grupos. Isso inclui fóruns, conselhos, comitês e programas. Senão tivesse ninguém para olhar pelos produtores em todos estes grupos a situação poderia estar pior”.

EVENTO – Ao todo foram mais de 130 participantes, incluindo representantes dos Sindicatos Rurais dos municípios de Água Boa, Barra do Garças, Campinápolis, Canarana, Cocalinho, Gaúcha do Norte, Nova Xavantina, Novo São Joaquim, Querência, Ribeirão Cascalheira e Torixoréu.

O pecuarista Antônio Medeiros, que vive em Água Boa há 18 anos, volta para casa mais animado. “Não tenho uma relação muito próxima com o Sindicato. A gente fica sabendo das ações e dos eventos, mas temos que trabalhar. Não sobra muito tempo para ficarmos em eventos, mas foi muito importante participar do Conhecendo o Sistema Famato. Agora sei onde procurar ajuda”.

Geraldo Antônio Delar, produtor em Água Boa há mais de 15 anos, concorda com Medeiros e acrescenta que apesar de conhecer bem o Sistema Famato não tinha noção da dimensão do trabalho e da representatividade da entidade. “Não temos condições de acompanhar todas as mudanças que acontecem em nosso setor e, por isso, é importante saber que temos pessoas nos defendendo e trabalhando para nos defender”.

O evento contou ainda com a presença do presidente licenciado do Sistema Famato, Normando Corral, do diretor administrativo e financeiro, Vilmondes Tomain, diretor de relações institucionais, José Luiz Martins Fidelis, e do superintendente do Imea, Daniel Latorraca. O município de Água Boa estava representado pelo prefeito Mauro Rosa, vice-prefeita Rejane Garcia, Secretário de Desenvolvimento Germano Zandona e pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Odair Priori.

Fonte: Ascom Senar-MT

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *