Plantio de milho do RS inicia com aumento de perspectivas

O Plantio de milho no Estado do Rio Grande do Sul já iniciou e conta com aumento nas perspectivas de área e também de produtividade. Foi isso que informou o especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica, na manhã desta sexta-feira (20.09).

“Importante consumidor de milho, o RS já começou a sua plantar a safra de verão. A estimativa da Emater/RS-Ascar para safra de milho 2019-2020 indica uma área de 771.578 hectares, um aumento de 1% em relação à safra anterior e uma produção estimada de 5.948.712 toneladas. Isso resulta em produtividade de 7.710 quilos por hectare. Segundo o zoneamento agroclimático (definido pela Portaria nº 59, de 01/07/2019), o período de plantio ocorre entre o início de agosto e o final de janeiro”, comenta ele.

Além disso, ele informou que as regiões administrativas da Emater/RS-Ascar onde o plantio mais avançou na semana, de acordo com o zoneamento, são Santa Rosa e Ijuí. “Na regional de Santa Rosa (15,4% da área do Estado), que engloba os Coredes Missões e Fronteira Noroeste, a germinação do milho foi desuniforme em algumas lavouras devido à baixa umidade no solo em agosto. A falta de chuvas tem prejudicado o bom desenvolvimento da cultura, e em alguns municípios a semeadura foi interrompida”, indica.

“Na regional de Ijuí (10,3% da área do Estado), que engloba os Coredes Alto Jacuí, Celeiro e Noroeste Colonial, o plantio evoluiu rapidamente e ultrapassa 80% da área estimada, favorecido pela temperatura e umidade do solo adequada. A emergência das lavouras semeadas na última semana de agosto e no início de setembro é considerada muito boa, com uniformidade e com poucas falhas”, conclui.

Fonte: Agrolink

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *