Soja sobe em Chicago nesta 4ª feira, mas dólar recua no Brasil e exige atenção

Nesta quarta-feira (4), os preços da soja trabalham em alta na Bolsa de Chicago. Os futuros da oleaginosa, por volta de 8h50 (horário de Brasília), subiam entre 6,25 e 6,75 pontos nos principais contratos. Assim, o contrato janeiro tinha US$ 8,77 e o março/20, US$ 8,92 por bushel.

As cotações refletem ainda as especulações de que China e EUA poderiam, talvez, encontrar espaço para um acordo, porém, sem muita confiança. Segundo informações da agência Bloomberg, ambos os países estariam se aproximando de um consenso sobre as tarifas a serem retiradas e podem fazer as negociações evoluírem.

No entanto, a euforia nos negócios segue bastante contida diante de quase dois anos de

Nesta quarta-feira (4), os preços da soja trabalham em alta na Bolsa de Chicago. Os futuros da oleaginosa, por volta de 8h50 (horário de Brasília), subiam entre 6,25 e 6,75 pontos nos principais contratos. Assim, o contrato janeiro tinha US$ 8,77 e o março/20, US$ 8,92 por bushel.

As cotações refletem ainda as especulações de que China e EUA poderiam, talvez, encontrar espaço para um acordo, porém, sem muita confiança. Segundo informações da agência Bloomberg, ambos os países estariam se aproximando de um consenso sobre as tarifas a serem retiradas e podem fazer as negociações evoluírem.

No entanto, a euforia nos negócios segue bastante contida diante de quase dois anos de notícias que não se confirmam e da mudança de postura tanto do lado chinês, quanto do americano.

NO BRASIL

No Brasil, as atenções se voltam para o dólar, mas dessa vez em função das baixas. Nos dois primeiros dias dessa semana, a moeda americana recuou e volta a cair nesta quarta-feira. A divisa, por volta de 9h40 (Brasília), perdia 0,36% para ser cotada a R$ 4,19.

De acordo com a agência de notícias Reuters, a queda do dólar se dava “em dia de esperanças comerciais renovadas e dados positivos sobre a produção industrial no Brasil”.

 

Fonte: Notícias Agrícolas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *