Soja sobe no Brasil com especulação chinesa

Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam a segunda-feira (06.05) com preços médios da soja em alta de 1,25% nos portos, a R$ 74,32/saca sobre rodas nos portos do Sul ou seus equivalentes em outros portos do país, reduzindo as perdas de maio a 0,05%.

“O mercado especulou sobre a volta da preferência da China à soja brasileira, cujos prêmios realmente subiram 23 cents/bushel para maio, 10 cents para junho, 10 cents para julho, 8 cents para março de 2020 e 10 cents para abril de 2020, mas ainda muito longe dos 100/200 cents verificados em maio passado. Houve negócios de Paper em Paranaguáa +58 para junho19 e C&F China a +146”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

As contas para junho de 2020 registraram preços no porto a R$ 85,00/saca ou aproximadamente R$ 80,00 no interior, conforme a distância do porto, o que garantiria um lucro aproximado de 15,7% para os agricultores, algo a ser pensado. “Como hoje foi dia de exportação, que não atingiu com a mesma intensidade o farelo e o óleo, os preços da soja no mercado interno de lotes não tiveram a mesma sorte e fecharam em queda de 0,52%, na média de R$ 68,80, no interior do Sul do país ou seus equivalentes em outras cidades”, explica o analista Luiz Fernando Pacheco.

“Nesta segunda-feira, portanto, uma venda para exportação liquidaria algo ao redor de R$ 70,00 no interior, preço um pouco superior ao do mercado interno”, conclui o especialista da T&F Consultoria Agroeconômica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *